Inovação, tecnologia e aconchego no cuidado da terceira idade

 
Daniela Jones trabalhava em uma empresa dedicada ao público da terceira idade – junto com a própria avó – quando começou a achar que era preciso fazer algo diferente. Como ajudar ainda mais as muitas famílias que buscavam profissionais para cuidar de seus entes queridos? Como fazer isso da forma mais humana e ao mesmo tempo mais profissional possível?

Ela ainda não tinha todas as respostas. Para buscá-las, matriculou-se no curso de administração da Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro. As visões foram se clareando até que, há 17 anos, nascia a Said Rio, uma empresa especializada no atendimento domiciliar de idosos, com foco em unir a qualidade de vida ao aconchego de sua própria casa, perto dos familiares e amigos – fatores de enorme peso no bem-estar psicológico do paciente. Daniela acrescentou a essa receita um forte componente de inovação: desenvolveu serviços exclusivos de enfermagem em casa, nutrição, monitoramento eletrônico (por meio de câmeras pelas quais os responsáveis podem acompanhar pelo celular ou computador o dia a dia do paciente), fonoaudiologia, atendimento médico, carro adaptado para cadeirantes, ambulância de remoção simples e de emergências, fisioterapia e psicologia.

Leia esse artigo completo

Comentários