Longevidade: mais uma aplicação para a Internet das Coisas




Todos querem viver cada vez mais, mas ninguém quer ficar velho! E a tecnologia pode trazer segurança e conforto, aumentando a qualidade de vida na terceira idade. 
Os idosos buscam autonomia, querem continuar morando em suas residências, tendo a garantia de sua individualidade e independência. No entanto, estão sujeitos a acidentes domésticos mas nem sempre com a certeza da capacidade de buscar ajuda.
Esta é a grande preocupação dos familiares e amigos que respeitam a decisão de seus idosos em continuar em suas próprias casas.
Algumas soluções tecnológicas que podem colaborar para minorar a preocupação destas famílias, têm sido aprimoradas e a mais recente geração de sensores já está trabalhando com a tecnologia de nuvem.
Por exemplo, o  Sensara Lifestyle System é uma nova geração de sensores da Internet das coisas (IoT), aliado a um aplicativo de serviços que pode ajudar pessoas com restrições médicas ou de mobilidade a terem mais segurança e conforto para continuar a viver em suas próprias casas. Este sistema não utiliza câmeras intrusivas ou dispositivos que tenham que ser usados junto ao corpo.

Como funciona

O sistema é formado por pequenos sensores, alguns de movimento e outros de abertura de portas e janelas, instalados de forma estratégica na residência, conectados através da rede sem fio. Estes pequenos dispositivos são alimentados através de bateria, sendo desta forma, de muito fácil instalação.
Ao entrar em funcionamento, estes sensores começam a coletar dados sobre as rotinas dos moradores, e estes dados são enviados para análise na “nuvem”. Passadas duas semanas, aproximadamente, o mecanismo é capaz de reconhecer alguns padrões: a que horas o usuário se levanta, qual a duração de tempo de permanência nos ambientes como cozinha e banheiro, quanto tempo o usuário se ausenta para fazer compras, quando tira uma soneca, etc.
Quando os padrões de comportamento são conhecidos, as alterações de uso do ambiente podem ser detectadas e analisadas. Por exemplo, como pular uma refeição ou não sair da cama pela manhã ou mesmo a inatividade por período prolongado.
A análise de dados com algoritmos deste sistema basicamente compara as entradas dos sensores (ou a falta de informações) com o comportamento normal do usuário, e com base na detecção de exceções e anomalias, ele envia uma mensagem de texto para o número de telefone cadastrado. A mensagem fará referência ao fato, por exemplo: “normalmente neste horário Ana já se levantou, mas hoje ela ainda está deitada. Você deseja fazer uma ligação para Ana?”.

O que o sistema oferece

Este sistema fornece algo muito valioso: a paz de espírito. Tranquilidade tanto para o idoso que deseja viver sozinho  como para os membros da família que moram em outro endereço. É claro que o mecanismo não pode substituir o contato pessoal, como visitas ou telefonemas, mas é um auxílio muito bem vindo e de fácil instalação! O sistema preserva a privacidade do idoso, já que não se baseia em câmeras de vigilância e ainda pode ser acrescido de outros sensores como detector de quedas.
Vale lembrar que o sistema também detecta mudanças e analisa pequenas alterações de comportamento a médio prazo. Um exemplo disso é a análise da velocidade com que o idoso anda dentro de casa. Ao coletar dados durante um longo período o sistema determina se a pessoa está andando mais lentamente do que há dois meses atrás. Esta caminhada mais demorada pode ser o indício de algum problema de saúde e o aumento do risco de queda, que pode ocasionar uma lesão mais séria. Esta análise será feita e uma mensagem específica será enviada ao familiar ou cuidador.
Este sistema  fornece avaliação de valores de curto e longo prazo. O valor de curto prazo cria alertas sobre anomalias instantâneas, como por exemplo, pode sugerir uma queda, ou no caso de demora de retorno para casa, pode sugerir que está se perdendo mais facilmente. Os valores de longo prazo criam alertas quando os idosos mudam lentamente seu comportamento, algo mais difícil de identificar, como caminhar com mais dificuldade, distúrbios do sono, que podem sugerir agravo de doença, demência ou depressão. Em ambas as situações, o sistema realmente oferece tranquilidade a todos.



Texto Original



Comentários